Plantas medicinais são uma forma de tratamento de saúde natural, inclusive na infância

Isso você já sabe!  Mas ser natural não significa que seja recomendado para todo mundo.

Existem algumas plantas medicinais que devem ser evitadas em algumas faixas etárias (como a infância ou a velhice) ou em determinadas situações da vida.

Artigos que também podem te interessar

As 10 melhores Ervas para Saúde da Mulher

Existem plantas medicinais que devemos evitar na infância

Nem todas as plantas medicinais são seguras para crianças.

As crianças, por exemplo, devem receber atenção especial e, além do fato de que necessitam de doses adequadas ao seu peso e idade, nem todos os tipos de ervas medicinais são apropriados para estes jovens organismos, por diversas razões.

Neste artigo, vamos relacionar algumas plantas medicinais bastante conhecidas que devem ser evitadas na infância.

CAFÉ e GUARANÁ

Estas duas ervas estão listadas juntas por que suas propriedades estimulantes são similares. A diferença é que o guaraná tem até 60 vezes mais cafeína do que o próprio café. Mas porque crianças devem evitar seu uso? Porque estas plantas estimulam excessivamente as suprarrenais e ativam a energia do chakra básico de forma excessiva, causando diversos transtornos entre eles, insônia e taquicardia.

ANIS ESTRELADO

O Anis Estrelado é uma das plantas medicinais que devem ser evitadas na infância.

O Anis Estrelado pode provocar convulsões infantis.

 

Esta erva, muito semelhante a Erva Doce, que compartilha sua substância básica – o anetol – deve ser evitada no uso infantil por que sua alta concentração desta substancia pode provocar convulsões.

BABOSA

Apesar de que o uso externo da babosa seja bastante positivo e, muitas vezes recomendado, esta planta deve ser evitada em crianças de berço porque sua aplicação pode provocar regurgitamento.

BARDANA

A Bardana é uma das plantas medicinais que devem ser evitadas na infância.

A Bardana é uma erva muito agressiva para uso infantil.

A bardana é uma erva medicinal e também um alimento. Seu uso medicinal é desaconselhado em crianças pois é uma erva muito fria que provoca uma reação de desintoxicação muito intensa no organismo e pode sobrecarregar os organismos jovens. Seu uso culinário não apresenta contraindicação, de acordo com nossas fontes de pesquisa.

ERVA DE BICHO

Esta erva ativa a circulação de forma muito poderosa e por isso deve ser evitada em crianças.

EQUINÁCEA

Pesquisas apontam que esta é uma das plantas medicinais que devem ser evitadas na infância.

QUEBRA PEDRA

O Quebra-Pedra é uma das plantas Medicinais que devem ser evitadas na infância.

O Quebra-Pedra é uma das plantas Medicinais que devem ser evitadas na infância.

Esta erva pode provocar diarreia em crianças e desmineralização. Por isso seu uso infantil não é recomendado.

SENE e CÁSCARA SAGRADA

Outra dobradinha de ervas. Os laxantes via oral, podem ser perigosos na infância, pois podem provocar perdas excessivas. Por essa razão, o Sene e Cáscara Sagrada devem ser evitadas. Em casos de prisão de ventre, sempre é melhor dar preferência a supositórios naturais.

Se você quiser saber mais sobre cada uma das ervas relacionadas, é só clicar no nome de cada uma delas para ser direcionado para nossa enciclopédia herbal gratuita.

Aprenda Fitoterapia de uma Forma Inteligente – Método 40-20.

Clique na imagem para saber mais.

Aprenda como utilizar plantas medicinas para melhorar sua saúde.

Aprenda como utilizar plantas medicinas para melhorar sua saúde.

 

Rodrigo Silveira

Rodrigo Silveira

Professor, escritor e criador do Ervanarium