10 Benefícios que o Yoga pode lhe trazer hoje!

O dia a dia, para todos nós, está cada vez mais corrido e com isso, muitas pessoas passaram a procurar opções para encontrar o seu equilíbrio interior.

Algumas ainda passaram a se preocupar com o ritmo com que levam suas vidas e acabaram descobrindo a prática do Yoga.

Yoga, em sua língua materna, significa união e tem como princípio fundamental facilitar a conexão do corpo com a mente, que são entendidos como um único corpo, indissociável.

As aulas de Yoga possuem inúmeros recursos (ou técnicas) tais como a meditação, a respiração consciente, a execução de posturas psicofísicas (inspiradas em animais ou em outras referências da natureza), relaxamento profundo, entre outras.

A adesão a esta prática vem crescendo por consequência dos seus inúmeros benefícios para a saúde física e mental oferecidos.

Vejamos uma lista com 10 destes benefícios:

  1. Aumento da capacidade pulmonar: este incremento acontece através da prática da respiração consciente e controlada, conhecida como Pranayama.
  2. Melhora da concentração e do foco: a atividade do Yoga demanda atenção o tempo todo. Desde as técnicas de respiração, como também nas posturas e meditação e isso evita o assédio de pensamentos aleatórios. A concentração é aumentada não somente durante as aulas, mas poderá ser aplicada de forma natural em todos as atividades do dia a dia.
  3. Melhora da postura e da saúde da coluna vertebral: estudos conduzidos pelo Boston Medical Center, de Massachussets, nos Estados Unidos – uma instituição que é referência em medicina integrativa – comprovam que os benefícios do Yoga para a saúde e fortalecimento da coluna lombar, são tão eficientes quanto sessões de fisioterapia
  4. Prevenção de doenças como depressão e síndrome do pânico: o Yoga auxilia no processo de recuperação de episódios de depressão ou síndrome do pânico, pois trabalha a mente, aumentando diretamente a produção e liberação de neurotransmissores no sistema nervoso, provocando sensações de prazer, bem-estar e relaxamento, que está associado ao tratamento destes distúrbios de saúde.
  5. Redução do estresse e diminuição da ansiedade: para os praticantes de Yoga, o alívio do estresse pode ser experimentado logo nas primeiras aulas. A concentração exigida durante toda a prática é uma das responsáveis pela diminuição da ansiedade que gera estresse.
  6. Equilíbrio hormonal e do sistema nervoso: com a prática regular, o corpo consegue equilibrar os hormônios e regular o sistema nervoso, diminuindo os níveis de cortisol (conhecido como o hormônio do estresse) na corrente sanguínea.
  7. Aumento da flexibilidade e tônus muscular: com as técnicas exercidas no Yoga, o praticante poderá melhorar sua performance em outras atividades físicas, como em lutas e outros esportes.
  8. Alívio dos sintomas da TPM e regulação do ciclo menstrual de forma natural: o Yoga tem o poder de relaxar os músculos, melhorando o processo digestivo. Dessa forma, os sintomas da tensão pré-menstrual podem ser aliviados ou, até mesmo, eliminados.
  9. Preparação do corpo para o parto e pós-parto: já é comprovado cientificamente os benefícios que a prática de Yoga trás as gestantes, no equilíbrio hormonal e emocional e na conexão que se estabelece com o bebê.
  10.  Melhora a autoestima e o humor: a prática favorece a manutenção de pensamentos mais positivos em relação à vida, melhorando o humor.
VEJA TAMBÉM:

Suas melhores amigas no inverno

A prática de Yoga, nascida na Índia, é uma excelente alternativa para quem deseja fazer uma atividade que melhora a qualidade de vida.

Hoje está cada vez mais fácil encontrar um instrutor de Yoga qualificado nas proximidades de onde você mora. Mas se isso não for uma possibilidade na sua localidade, não tem problema, pois já é possível, até mesmo, encontrar professores que ensinam pela internet.

Ou seja, não tem por que você ficar parado. Vamos começar? 🙂

QUER APRENDER A MEDITAR? CLIQUE NA IMAGEM PARA SABER MAIS!

Banho de ervas funciona?

Muitas pessoas acreditam que as ervas medicinais têm poderes mágicos e propriedades energéticas extraordinárias e que podem promover mudanças em seu campo vibracional.

Mas até que ponto isso tem um fundo de verdade?

De acordo com a ciência, não há nada que corrobore esta crença. Nenhum cientista ainda se colocou na posição de promover um estudo sério a esse respeito.
Mas isso não significa que os banhos de ervas não funcionem, pois afinal, ninguém pesquisou e comprovou a sua ineficiência.
Então temos que nos voltar para a fonte de milhares de anos de sabedoria acumulada por diversas culturas e práticas espirituais, espalhadas por todo mundo.
Para estes “cientistas espirituais”, o uso de ervas para purificar, equilibrar ou vitalizar nossas energias é a mais pura realidade. Isto ainda pode ser reforçado pelo relato de um grande número de pessoas que utilizam as ervas com esta finalidade e apregoam resultados positivos.

Mas o que acontece quando tomamos um banho de ervas?

Bem, talvez a explicação mais próxima de um entendimento lógico esteja no fato de que nosso corpo, através de várias circunstâncias, acumula cargas elétricas positivas.
Ao contrário do que se poderia imaginar, as cargas elétricas positivas (ou íons positivos) nada tem de favorável para nossa saúde e bem-estar.
Sabe quando você está repleto de eletricidade estática acumulada e toma um choque ao encostar em um metal? É disso que estamos falando.
No entanto, nem sempre estamos com um nível tão alto de acúmulo de cargas elétricas que seja assim perceptível, mas acúmulos menores também podem causar desconforto, pois se manifestam na forma de tensão muscular e estresse do sistema.
Pois as ervas, quando infusionadas e convertidas em chá, mantém grande parte de seus óleos essenciais e estes são repletos de íons negativos (cargas elétricas negativas).
Assim, ao nos banharmos com estes preparados, os íons positivos acumulados em nosso corpo, são neutralizados pela ligação com os íons negativos contidos nos óleos essenciais dos chás e o organismo se libera desses excessos e isso provoca alívio e bem-estar.

Mas então é só uma questão de equilíbrio de cargas?

Para os que acreditam que outras forças também atuam nesta troca, talvez esta explicação seja muito reducionista, mas para os que são mais céticos, saber que existe uma questão de física envolvida, pode ajuda-los a se abrirem para a possibilidade de utilizar este recurso do banho de ervas, sem preconceito.
Entretanto, a natureza é muito mais misteriosa do que podemos conceber e outras forças também estão presentes, realizando sua parte neste equilíbrio.
Quem tiver disposição e mente aberta poderá descobrir que em um simples banho de ervas, existe muito mais do que se pode imaginar. Inclusive ciência.