Sene

O sene é uma planta medicinal que, a fim de prevenir espasmos, deve ser combinado com alguma erva de efeito carminativo, como a erva-doce, o anis, o coentro ou o gengibre.

Sene, planta medicinal laxativa.

Nome científico

Cassia angustifolia Vahl.

Nome conhecido

Sena, Cássia, Cene, Fedegoso-Do-Rio-De-Janeiro, Lava-Pratos, Mamangá (Português), Senna (Alemão), Senna, Sen, Senet, Pitusgarri (Espanhol), Séné, Cassier (Francês), Senna Leaves (Inglês), Senna (Italiano).

Nomes botânicos

Cassia senna L., Senna alexandrina Mill., Cassia acutifolia Delile, Cassia alexandrina (Garsault) Thell., Senna acutifolia (Delile) Batka, Senna alexandrina Garsault, Senna angustifolia (Vahl) Batka).

Nomes farmacêuticos

Folium Sennae.

Família

Fabaceae.

Partes usadas

Folhas.

Sabor

Amargo.

Composição química

Acetato, ácido crisofânico, ácido catártico, ácido catartogênico, açúcares redutores, aloe-emodina, antranol, antraquinona, cálcio, emodina, flavonóides como o campferol, glicosídeos naftalênicos, magnésio, mucilagens, oxalato de cálcio, pinitol, reina, reina-8-glicosídeos, reina diglicosídeo, reina antrona-8-glicosídeo, resina amarga, senosídeo A e B.

Propriedades medicinais gerais

Alterativo, laxante, purgativo, catártico, carminativo, antiácido, depurativo, antipirético e vermífugo.

Propriedades medicinais de partes específicas da planta

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Indicações para uso interno

Sistema Gastrointestinal: na prisão de ventre, fissuras anais, hemorroidas, flatulência, inflamação e catarro intestinal, constipação crônica causada por opiáceos, fecalomas e para excessos de bolo fecal.

Sistema Hepático: em cólicas biliares.

Sistema Imunológico, Nervoso e Linfático: no herpes simples, congestão encefálica e febre.

Outros distúrbios: em pós-cirúrgicos de ano-retal, infecções causadas por Escherichia coli e Candida albicans e elimina manchas brancas pelo corpo.

Indicações para uso interno de partes específicas da planta

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Indicações para uso externo

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Indicações para uso externo de partes específicas da planta

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Para crianças

O sene é uma planta medicinal que só é indicada para crianças acima de 12 anos.

Quando não devemos usar esta erva (contraindicações)

Evitar o uso em pessoas com obstrução intestinal, diarreia severa, dor abdominal de origem desconhecida, desequilíbrio hídrico ou eletrolítico, doenças inflamatórias intestinais agudas, doença de Crohn e síndrome do cólon irritável. O abuso do uso da erva pode causar perda excessiva de potássio. Pode ainda causar cólica e desconforto abdominal leve. Seu uso prolongado pode também causar o desenvolvimento da “síndrome da dependência de laxante”, caracterizada pela má mobilidade gástrica na ausência da dose do laxante. Evitar usar mais de 3 dias de uma só vez. A folha de sene quando é usada por um período prolongado, aquece em demasia os intestinos, podendo criar inflamação intestinal. Uso prolongado pode ainda causar osteomalacia e artropatia. Sintomas de asma e alergia já foram relatados em casos de pessoas que manipulam a erva. Evitar uso em pessoas idosas ou debilitadas, na gestação, na lactação e durante menstruação e em pacientes com problemas renais.

Interações medicamentosas

O sene é uma planta medicinal que faz interação medicamentosa com antiarrítmicos. Anti-inflamatórios não-esteroides diminuem o efeito desta erva. O Sene diminui a absorção dos medicamentos orais, pois diminui o tempo de trânsito no organismo. Evitar uso com Algodoeiro, Cavalinha e Alcaçuz. Interage com medicamentos com glicosídeos cardíacos, incluindo digoxina. Diminui o nível de estrogênio. Evitar uso concomitante.

Toxicidade

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Uso culinário e nutritivo

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Aromaterapia

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Sistemas Florais

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Medicina Chinesa (MTC)

O sene é uma planta medicinal indicada para estagnação do Qi dos intestinos, estagnação do Qi do Útero, descendo o Qi túrbido, elimina calo e previne calor do verão. Atua nos canais do Intestino Delgado, Intestino Grosso, Estômago e Bexiga.

Relacionado com as seguintes categorias das ervas medicinais

Categoria 8 – Ervas que lubrificam sintomas secos.

Ayurveda

O sene é uma planta medicinal que reduz Pitta e Kapha e aumenta Vata. Sua rasa é amarga, sua virya é quente e sua vipaka é picante.

Uso homeopático

O sene é uma planta medicinal utilizada na homeopatia para: ACETONEMIA – tomar 10 gotas de Senna D3 antes das refeições.

Pets e outros animais

Não há informações conclusivas nas fontes de pesquisa consultadas.

Informações em outros sistemas de saúde

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

O que diz a ciência

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Astrologia

O sene é uma planta medicinal regida por Saturno (Practical Handbook of Alchemy Plants). Outra fonte (A astrologia da Mãe-Terra) dá como seu regente Plutão, e associa a planta ao signo de escorpião.

Indicações energéticas ou mágicas

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Habitat

Planta originária do norte da África, hoje é encontrada na Núbia e no alto Egito, de onde é levada para o mercado europeu. No Brasil, desenvolve-se bem na região dos planaltos de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.

Descrição da planta

Planta arbustiva, perene, com 1,2 a 1,5 m de altura, ereta e glabra. Folhas pinadas, compostas de dois pares de folíolos ovado-oblíquos, obtuso-acuminados, coriáceos, com cerca de 6 a 8 cm de comprimento, glabros e vernicosos na face superior e amarelado pubescente na inferior, com uma glândula pequena entre cada par de folíolos. Flores amarelo-claro, em racimos curtos, dispostas em panículas terminais. Fruto tipo folículo, elípticos, reniformes, contendo 7 a 9 sementes.

Vamos plantar?

Não é cultivado no Brasil. Seu cultivo se estende da Índia à África. A multiplicação se dá por sementes ou estaquias. Colhe-se tanto as folhas, quanto as vagens. As folhas devem ser colhidas antes ou mesmo durante a floração, já os frutos na época do outono.

Artigos relacionados

Fontes de pesquisas utilizadas

http://www.plantamed.com.br/https://www.oficinadeervas.com.br/conteudo/sene • Practical Handbook of Plant Alchemy – Manfred M. Junius • A astrologia da Mãe-Terra – Márcia Starck – Pensamento • CD Rom – Ervas Medicinais – Volume 1 – Anônimo • ITF – Índice Terapêutico Fitoterápico – EPUB • Plantas Medicinais – François Balmé – Ed. Hemus • Enciclopédia de Medicina Natural – Marcílio Franco da Costa Pereira – Madras • The Yoga of Herbs – Dr. David Frawley and Dr. Vasant Lad – Lótus Press •