Cálcio de Ostra

Mais informações abaixo

Nome Popular: Cálcio de Ostra

Outros nomes: Concha de Ostra

Nome científico: Ostrea gigas Thumb

Nomes botânicos: Ostrea rivularis Gould; Ostrea talienwhanensis Cross.

Nome farmacêutico: Concha ostreae

Partes usadas: concha triturada

Sabor: amarga, salgada e neutra.

Constituintes químicos: fosfato de cálcio, carbonato de cálcio, sulfato de cálcio, magnésio, alumínio, óxido de ferro, potássio, iodo e proteínas.

Propriedades medicinais: diurético; calmante; anti-sudorífica, resolutiva, antiácida; ansiolítico; emético; purgante; sedativa; espasmolítica; tranqüilizante, antipirético; adstringente; anticancerígeno; hidratante.

Indicações (Uso interno): tosse com expectoração; na retenção urinária; leucorréia (corrimento crônico); dor devido à retenção do túrbido; repositor de cálcio; atua na coagulação sangüínea; regula contração e relaxamento muscular; ativa diversas enzimas do organismo; para perdas seminais. Bons resultados em tratamento de tuberculose, osteoporose e bócio; reduz ansiedade; auxiliar em tratamento de aterosclerose; previne perda de fluidos; auxiliar para tratamento de nódulos e massas; verborragia; insônia; pesadelos, nervosismo e palpitações. Move o sangue; na hiperacidez estomacal; alivia dores; palpitações; tonturas; sudorese noturna; sudorese espontânea; sangramento uterino; gastrite; úlcera péptica; para nódulos e gânglios aumentados; osteoporose; ansiedade; ação antitumoral nos estágios iniciais do câncer; tinitus; fogachos; gosto amargo na boca; irritabilidade; face avermelhada; bócio; adenomegalias; escrófula; esplenomegalia.

Indicações (Uso externo): não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Indicações pediátricas: não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Utilizações na MTC: controla ascensão do calor por vazio do Yin do Rim; previne perda de fluidos, essência e sangue; controla calor no Estômago; redireciona fluxo do Qi do Pulmão e do Estômago; limpa fleuma-calor do Pulmão; na estagnação de fleuma com formação de nódulos amolecidos e movéis (barro biliar); na estagnação do Xue com formação de nódulos endurecidos e fixos; na ascensão do yang do Fígado; na agitação do Coração e do Shen; em quadros com excesso de calor; elimina vento-fleuma de origem de toxinas alimentares; elimina calor patológico do sangue; elimina vento interno do Fígado; tonifica o Yin do Fígado; elimina fleuma; ancora o Yang; descende o fogo do coração; remove sangue congelado. Nome chinês: Mu Li. Faz parte das fórmulas chinesas: San Jia Jian Fu Mai Tang para nutrir o Yin e recobrar o pulso; Gui Zhi Gan Cao Long Gu Um Li Tang para tratar a deficiência do yang do coração e frio no Jiao Superior; Jin Suo Gu Jing Wan que estabiliza os Rins e  fortalece o sêmen; Gu Chong Tang que fortalece o Jiao Médio e pára sangramentos uterinos por deficiência do Qi do Baço; Yi Xue Zhong Zhong Can Xi Lu para ancorar o Yang do Fígado, eliminar o vento no Fígado e nutrir o Yin do Fígado e dos Rins; Da Ding Feng Zhu para doenças febris e quando o Yin está enfrawquecido por condições  de calor patogênico. Depois de calcinado o cálcio de ostra adquire a qualidade de adstringência. Erva usada para tratar condições de deficiência crônica do Yin.

Atuação nos canais: R, F, P, F, VB e E.

Elemento predominante na MTC: Água

Classificação da Erva na MTC: Categoria 14 – Ervas para reduzir ansiedade  Categoria 15 – Ervas para reduzir movimentos involuntários Categoria 16 – Ervas corrigir deficiências.

Ayurveda (Ação nos doshas): não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Rasa: salgada

Virya: fria

Vipaka: picante

Informações em outros sistemas de saúde: não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Aromaterapia: não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Floral: não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Homeopatia: não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Contra-indicações: no vazio do Qi e frio; em suores de doença febril aguda; pode gravar sintomas de frio ou vazio do BP; incompatível com Herba ephedra; Fructus evodiae e Herba asari. O consumo acima das quantidades permitidas; pode originar o aparecimento de hipercalcemia que é caracterizada por naúsea, vômitos, anorexia, coma, sede, descoordenação motora, poliúria, bradicardia, fraqueza muscular e diminuição renal crônica; indigestão e constipação.

Interações medicamentosas: tem sinergia positiva com as ervas Hai Zao (Sargassum) e Kun Bu (Eckloniae thallus) para dissolver fleuma. Conjugada a Shi Jue Ming é utilizada para promover a descida do Yang do Fígado e prevenir a geração de vento no Fígado. Combinado a Long Gu (Mastodi fossilium ossis) descende o yang do Fígado, clareia calor e acalma a mente. Tradicionalmente utilizada de forma sinérgica com Bulbus fritillariae para nódulos no pescoço, com Radix Uralensis e Radix Polygalae para nervosismo, palpitações e insônia; Radix Achyrantes Bidentatae, para nódulos por estagnação do sangue. Também tem compatibilidade com Osso de Dragão (Lon Gu), raiz de Peônia Branca (Baishao) e casco de tartaruga (Guiban). Este naturoterápico é naturalmente incompatível com Herba Efedra, Fructus Evodiae e Herba Asari.

Doses: 9 a 30g em decocção/dia; 1 a 3g em pó/dia.

Formulações: não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Formulações populares: não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Planeta regente: não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Indicações energéticas ou mágicas: não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Habitat: nos oceanos de quase todo o mundo menos em águas muito frias ou poluídas.

Informações clínicas e/ou científicas: naturoterápico apresentou bons resultados em tratamento de 10 casos de tuberculose. Foi utilizada em conjunto com outros naturoterápicos e nove pacientes apresentaram melhora dos sintomas ao fim de alguns dias.

Descrição botânica: as ostras adultas tipicamente apresentam uma concha com uma forma alongada, em média com 10,5 cm de comprimento. As ostras são moluscos pertencentes à família Ostreidade e à ordem Ostreoida. Estes moluscos se desenvolvem em águas marinhas dentro de conchas de formatos irregulares e desiguais entre si. Estas conchas são muito calcificadas e se mantêm fechadas graças a um músculo adutor. Seu corpo é mole e é constituído de boca, estômago, coração, intestino, rins, gônadas (órgãos sexuais), guelras, músculo adutor, ânus e manto.

Toxicidade: não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Observações: não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Fontes de pesquisa:

http://www.comofazer.org/saude/planta-medicinal-ostra-em-po/ • http://anamariabraga.globo.com/home/canais/canais-saude.php?id_not=888 • http://www.ricar2.de/?page_id=10  • Chinese Herbal Formulas – treatment principles and composition  strategies – Yifan Yang – Churchill Livingstone • Fitoterapia Chinesa e Plantas Brasileiras – Alex Botsaris – Editora Ícone • Manual de Fitoterápia Chinesa e Plantas Brasileiras – Mary Lannes Salles Leite – Icone Editora • Chinese Herbal Medicines – comparison and characteristics – Yifan Yang – Churchill Livingstone • Propiedades y funciones de las plantas en la medicina china. pdf •