Bálsamo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O Bálsamo é uma planta medicinal considerada ornamental. Foi trazida para o Brasil, provavelmente no período colonial. Seu nome científico, Sedere em latim, significa sentar. A descrição desta planta foi realizada pela primeira vez em 1952, por De la Cruz, embora se conheça sua aplicação na medicina tradicional desde o México pré-colonial.

álsamo, planta medicinal

Nome científico

Sedum dendroideum Moc. & Sessé ex DC.

Nome conhecido

Bálsamo Branco (Português) e Tree Stonecrop (Inglês).

Nomes botânicos

S. prealtum A. DC.

Nomes farmacêuticos

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Família

Crassulaceae.

Partes usadas

Folhas frescas.

Sabor

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Composição química

Mucilagens, alcaloides piperidínicos, triterpenos, sesquiterpenos e taninos hidrolisáveis.

Propriedades medicinais gerais

Emoliente, cicatrizante, vulnerário, antiedematoso, resolutivo, analgésico, antiulcerogênico e antimicrobiano.

Propriedades medicinais de partes específicas da planta

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Indicações para uso interno

USAR COM CUIDADO!

Sistema Gastrointestinal: em inflamações gastrintestinais.

Sistema Imunológico, Nervoso e Linfático: na epilepsia.

Outros distúrbios: em cefaleias.

Indicações para uso interno de partes específicas da planta

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Indicações para uso externo

Pele e unhas: em machucaduras, inflamações da pele, esfoladuras e cortes.

Músculos, ossos e articulações: nas contusões, torções,

Outros distúrbios: feridas gangrenosas, úlceras e ferimentos por traumatismo.

Indicações para uso externo de partes específicas da planta

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Para crianças

O bálsamo é uma planta medicinal com as mesmas indicações para crianças e adultos.

Quando não devemos usar esta erva (contraindicações)

O suco da planta tem um princípio tóxico e, por isso, deve ser evitado uso interno.

Interações medicamentosas

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Toxicidade

Evitar uso interno. Uso externo sem toxicidade, nas doses recomendadas.

Uso culinário e nutritivo

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Aromaterapia

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Sistemas Florais

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Medicina Chinesa (MTC)

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Relacionado com as seguintes categorias das ervas medicinais

Categoria 20 – Ervas para uso externo.

Ayurveda

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Uso homeopático

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Pets e outros animais

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Informações em outros sistemas de saúde

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

O que diz a ciência

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Astrologia

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Indicações energéticas ou mágicas

Não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Habitat

O bálsamo é uma planta medicinal originária da África do Sul e Ásia. Cresce amplamente no Brasil subespontaneamente.

Descrição da planta

Seu caule é ramificado, de textura herbácea e porte subarbustivo, geralmente entre 30 a 90 centímetros de altura. As folhas são carnosas, glabras, brilhantes, de formato espatulado a ovado, recurvadas para cima, de cor verde a bronzeada e dispostas em rosetas nas extremidades dos ramos. As inflorescências surgem no outono e inverno, são do tipo panícula, terminais e compostas por pequenas e abundantes flores amarelas, pentâmeras e bastante decorativas.

Vamos plantar?

O bálsamo é uma planta medicinal que precisa de solos bem drenados, secos, fofos com areia e silte. Propaga-se por estacas de caule e folhas. Seu plantio é recomendado na primavera. É uma planta resistente a seca que deve ser regada somente em períodos de longa estiagem. Sua colheita acontece após um ano e meio de ciclo.

Artigos relacionados

Fontes de pesquisas utilizadas

http://www.plantamed.com.br/ http://www.jardineiro.net/plantas/balsamo-sedum-dendroideum.htmlhttp://www.terradeismael.com.br/novaterra/index.php/plantas/217-sedum-dendroideum-balsamohttps://www.gardenmanage.com/statuses/1000156307.html • CD Rom – Ervas Medicinais – Volume 1 – Anônimo • ITF – Índice Terapêutico Fitoterápico – EPUB
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email